Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

PF deflagra operação contra esquema de propina no transporte público do RJ

PF, Polícia Federal, Rio de Janeiro - Em mais um desdobramento da Operação Lava Jato, a Polícia Federal cumpre oito mandados de prisão contra pessoas ligadas à cúpula do transporte rodoviário no Rio de Janeiro, na operação batizada de Ponto Final (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Policiais federais cumprem nesta quinta-feira (30) três mandados de busca e apreensão no estado do Rio de Janeiro em um desdobramento da Operação Ponto Final, que investiga pagamento de propinas de empresários dos transportes a agentes públicos.

Os mandados estão sendo cumpridos na capital fluminense e na cidade de Paraíba do Sul, no interior do estado. De acordo com a PF, um dos investigados pela Operação Ponto Final continuava mantendo dinheiro em uma conta bancária localizada na Holanda.

A quantia seria referente a valores recebidos de propina pagas por empresários do setor de transportes públicos durante os anos de 2010 a 2016. Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

A Operação Ponto Final foi desencadeada em 2017 pela força-tarefa da Lava Jato no Rio e resultou na prisão de 12 pessoas, entre elas o empresário Jacob Barata filho, o ex-presidente-executivo da Federação dos Transportes do Rio Lélis Teixeira e o ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado Rogério Onofre.

Com informações, Agência Brasil.

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Judiciário

Fux defende que reformas de decisões na força-tarefa se deram por "questões formais".

Últimas

Juíza disse que não houve nenhuma mudança que justifique revogação

Judiciário

Defesa alega falta de tempo para analisar laudos juntados ao processo

Últimas

Início das filmagens estava prevista para 16 de maio.

----- CLEVER ADS -----