Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

STJ multa TIM em R$ 50 milhões por ‘propaganda enganosa’

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu manter a decisão que condena a Tim, empresa de telefonia, a pagar até R$ 50 milhões em indenizações por danos morais coletivos.

A ação envolve a polêmica promoção Infinity, que passou a ser ofertada em 2009. Nela, a operadora apresentava o plano como chamada de valor fixo de R$ 0,25, independentemente de quanto durasse, desde que gerados para outro número da mesma operadora. Porém, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a promoção gerou uma forte sobrecarrega no sistema, fazendo com que chamadas fosse interrompidas pela própria operadora.

Para o relator, o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, “no plano individual, é inequívoco o dano causado aos consumidores, além de serem vítimas da propaganda enganosa, tiveram que refazer a ligação para continuar a chamada em virtude da interrupção culposa e/ou dolosa do serviço, mormente àqueles integrantes dos planos Infinity, arcando novamente com o custo do primeiro minuto de ligação”.

O valo da multa, de acordo com a Promotoria de Defesa do Consumidor, pode chegar a R$ 100 milhões.

A TIM, que ainda não se pronunciou publicamente sobre o caso, ainda pode recorrer da decisão.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Judiciário

Corte entendeu que processo deveria ser conduzido pelo Tribunal de Justiça.

Judiciário

Investigação apura suspeita de propina relacionada ao plano de saúde dos servidores.

Mundo

A medida vale também para turistas que visitam o país.

Judiciário

Segundo a relatora, Lei de Drogras só pode ser aplicada se a produção for destinada ao narcotráfico.