Conecte-se conosco

Política

“Tudo bandido”, afirma Mourão sobre alvos de operação no Jacarezinho

Declaração ocorreu na portaria do Palácio do Planalto.

Publicado

em

Agência Brasil

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou na manhã desta sexta-feira (7) que os 24 alvos da comunidade do Jacarezinho, Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (6), mortos em decorrência da operação deflagrada pela Polícia Civil, são “todos bandidos”.

A declaração de Mourão casa com o que vem sendo dito pela própria Polícia Civil.

Segundo a corporação, entre os mortos estão 24 criminosos. O outro alvo foi o policial André Leonardo de Mello Frias, de 48 anos, baleado em atividade.

“Tudo bandido! Entra um policial numa operação normal e leva um tiro na cabeça de cima de uma laje. Lamentavelmente, essas quadrilhas do narcotráfico são verdadeiras narcoguerrilhas, têm controle sob determinadas áreas e são um problema da cidade do Rio de Janeiro”, disse o general da reserva.

Mourão destacou, inclusive, que as Forças Armadas já foram chamadas diversas vezes para intervir na região.

“É um problema sério da cidade do Rio de Janeiro que vamos ter de resolver um dia ou outro”, completou.

Conforme registrou o Conexão Política, até a manhã desta sexta, foram apreendidas muitas armas e até munição antitanque. Entre os armamentos estão uma escopeta, uma metralhadora, um revólver, 14 granadas e 16 pistolas.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.