Conecte-se conosco

Política

Vídeo: Tomás Covas dá o último adeus comovente ao pai

Cerimônia foi restrita aos amigos e familiares.

Publicado

em

Reprodução

Tomás Covas, de 15 anos, se despediu do pai, Bruno Covas, vítima de câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

O prefeito de São Paulo teve a morte confirmada na manhã deste domingo (16).

Ao se aproximar do corpo, velado no Edifício Matarazzo, sede da prefeitura, Tomás ficou observando o caixão, abaixando a cabeça algumas vezes, até o momento em que decidiu beijar o pai, repetindo o sinal diversas vezes.

O adolescente sempre foi muito próximo ao pai, visto constantemente com Covas em vários eventos públicos — seja na Câmara dos Deputados ou no Palácio do Anhangabaú, sede da prefeitura de São Paulo — seja em estádios de futebol ou até mesmo na campanha eleitoral de 2020. Tomás sempre esteve ao lado do pai.

No ano passado, período em que a doença se agravou ainda mais, o garoto decidiu morar com Covas, em um apartamento na Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo.

Durante a longa batalha que o político travou contra o câncer, Tomás não ficou ausente em nenhum momento. Bruno, inclusive, chegou a prestar uma homenagem ao filho, a quem ele afirmava ser o seu ‘fiel escudeiro’.

Por meio do Instagram, o tucano escreveu a seguinte mensagem:

“Enfrentar, combater e vencer. A luta pela vida continua, e com você ao meu lado, a vontade de vencer é gigante. Obrigado por estar sempre aqui, filho. Eu te amo.”

Em cenas registradas durante o velório, é possível ver a emocionante despedida do filho para com o pai.

Covas morreu às 8h20 de hoje, aos 41 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Desde 2019, ele foi submetido a diversos tratamentos contra o câncer no sistema digestivo.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.