Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Governo

Semipresidencialismo: Bolsonaro critica proposta e volta a subir o tom

Declarações ocorreram nesta segunda (22), em Brasília.

Alan Santos | PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou, nesta segunda-feira, 22, as recentes declarações feitas por autoridades politicas e jurídicas do Brasil sobre a adoção de um modelo semipresidencialista no país.

Na saída do Palácio da Alvorada, enquanto conversava com apoiadores, o chefe do Executivo disse que a proposta é ‘coisa idiota’, além de recusar estender o assunto em eventuais debates futuros.

“Tem certas coisas que são tão idiotas que não dá nem para discutir. Eu não vou começar a bater boca com ninguém sobre esse assunto. Coisa idiota, idiota. Agora, eu falo que jogo dentro das quatro linhas. Quem sair fora, daí eu sou obrigado a combater o cara fora das quatro linhas“, declarou.

Mais à frente, continuou subindo o tom contra a eventual implementação do modelo político. Bolsonaro falou que, caso a medida ou outra ação semelhante avance, ele teria autoridade para “dissolver o Congresso”.

“Se você for levar ao pé da letra o semipresidencialismo ou outro regime parecido, eu teria poder para dissolver o Congresso. Então não vou começar a discutir. Quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? Não vai chegar a lugar nenhum”, acrescentou.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Mandatário manifestou preocupação sobre o assunto.

Política

Cenário eleitoral dentro da sigla ainda é incerto.

Política

Tom da fala já vem sendo ecoado pelo mandatário há cerca de dois meses.

Política

Tratativas visam avançar interesses em torno da entrada do mandatário na sigla.