Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

‘Masculinidade tóxica’ de Putin é culpada pela guerra, diz Boris Johnson

Na visão do primeiro-ministro britânico, invasão à Ucrânia é ‘maluca’ e ‘machista’.

Number 10 | Flickr

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou na terça-feira (28) que a culpa da invasão à Ucrânia é, em parte, da “masculinidade tóxica” do presidente Russo, Vladimir Putin, e que isso precisa ser combatido.

A declaração foi proferida durante entrevista à emissora alemã ZDF. Na ocasião, o mandatário disse que, se o líder de Moscou fosse uma mulher, a guerra no leste da Europa não existiria.

“Se Putin fosse uma mulher, o que ele obviamente não é, mas se fosse, eu realmente não acho que ele teria embarcado em uma guerra maluca e machista de invasão e violência da maneira que ele fez”, declarou, acrescentando que os atos de Putin são um “exemplo perfeito” de “masculinidade tóxica” .

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, ironizou a fala do britânico, dizendo que “o velho Freud teria sonhado com tal objeto para pesquisa”.

Já a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, disse que “extraordinariamente, talvez concordasse” com os apontamentos de Boris. Para ela, o líder russo é um “criminoso de guerra” e “o mundo seria um lugar melhor se houvesse mais mulheres em posições de liderança”.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Índice de preços ao consumidor subiu em junho para 9,4%.

Mundo

Rumores relacionados à saída já circulavam nos principais tabloides britânicos.

Política

Premiê do Reino Unido diz que seu governo está trabalhando com autoridades brasileiras

Mundo

Recursos ajudarão a financiar medidas de alívio contra a inflação no país.

----- CLEVER ADS -----