Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Cabo Verde autoriza extradição de Alex Saab para os Estados Unidos

Saab é um empresário colombiano e foi apontado como o principal operador financeiro do regime socialista de Nícolas Maduro na Venezuela

O governo cabo-verdiano autorizou a extradição para os Estados Unidos do empresário colombiano Alex Saab, informou seu advogado, José Manuel Pinto Monteiro, à agência de notícias Efe.

Alex Nain Saab Moran foi apontado pelas autoridades americanas como o principal operador financeiro do regime socialista de Nicolas Maduro na Venezuela. Ele foi detido em 13 de junho, em Cabo Verde, na África.

Saab foi formalmente acusado por Washington por lavagem de dinheiro devido à corrupção do governo em disputa na Venezuela, e foi preso como resultado de um alerta vermelho emitido pela Interpol quando seu avião partia para o Irã. Ele havia parado em Cabo Verde para abastecer gasolina.

Nicolás Maduro admitiu que a Saab é um “agente” dele em busca de “suprimentos” para o país. Sua defesa argumenta que ele foi detido “por razões políticas”.

O ex-juiz espanhol, Baltasar Garzón, se juntou à equipe de defesa da Saab, disse o advogado José Monteiro. O advogado também disse que Garzón, que dirige o escritório de advocacia Ilocad com sede em Madri, tentará instaurar um “processo de compensação” contra o Estado daquele país nos tribunais de Cabo Verde, pelo que ele descreve como “danos ao patrimônio”, propriedade e imagem”, e cujo valor pode variar entre 5 e 12 milhões de dólares.

O Gabinete do Procurador Geral da República de Cabo Verde recebeu o pedido de extradição solicitado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos em 29 de junho. Desde então, ele teve 65 dias, a partir de 12 de junho, para responder.

A defesa da Saab agora tem até quinta-feira (16) para interpor recurso contra a decisão do governo de Cabo Verde de extraditá-lo para os Estados Unidos.

Comentários

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Mundo

Alex Saab estava detido em Cabo Verde desde o ano passado por acusações de lavagem de dinheiro.

Mundo

Empreiteira brasileira obteve vantagens por meio de contratos no país socialista.

Mundo

Iniciativa visa contrapor organizações de esquerda como 'Grupo de Puebla' e 'Foro de São Paulo'.

Mundo

Opositores de Daniel Ortega estão em condições desumanas na prisão.