Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Eventual morte de Elon Musk: bilionário fala em ir para o inferno e sugere envolvimento russo

Com um histórico de declarações controvérsias, Musk volta a fazer postagens confusas nas redes.

Arquivo | Insider

O bilionário Elon Musk, de 50 anos, disse estar “OK” em possivelmente ir para o inferno —conceito religioso presente em diversas crenças, especialmente no segmento do cristianismo— tido como um destino final para todas as almas pecadoras não arrependidas.

O papo ‘além desta vida’ veio em resposta a um usuário que havia questionado se Musk acreditava na existência de um criador do universo. “Certifique-se de confessar isso antes do seu último batimento cardíaco. Deus o abençoe”, aconselhou o internauta.

Ao respondê-lo, o magnata foi enfático: “Obrigado pela bênção, mas estou bem em ir para o inferno, se esse for realmente o meu destino, já que a grande maioria de todos os humanos nascidos estarão lá”.

Anteriormente, conforme registrou o Conexão Política, o homem mais rico do mundo já havia falado sobre eventualmente ser morto por algum fator desconhecido.

A série de postagens começou quando Musk compartilhou uma nota de Dmitry Rogozin, antigo vice-primeiro da Rússia, que o acusou de ter ajudado ‘fascistas’ na Ucrânia ao fornecer satélites de internet espacial da Starlink.

“E por isso, Elon, você será responsabilizado como um adulto — não importando o quanto você se faça de tolo”, dizia o comunicado. Minutos depois de compartilhar o texto, o magnata escreveu um tuíte no qual parecia sugerir que havia tomado essa declaração como uma ameaça.

“Se eu morrer em circunstâncias misteriosas, foi bom conhecer vocês”, sinalizou ele, por meio da rede social.

Apesar da menção ao assunto, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, nega veemente que o batalhão Azov seja ligado ao neonazismo. Por fim, Musk acrescentou: “Não há anjos na guerra”.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Economia

Colegiado pediu aos acionistas que aceitem a proposta feita pelo bilionário.

Mundo

Empresário se reuniu com empregados da plataforma pela 1ª vez desde o início das negociações.

Economia

Zona Franca de Manaus é tida como local ideal para a construção da empresa.

Últimas

Bilionário desembarca nesta manhã em São Paulo para compromissos com autoridades.