Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Inflação nos EUA volta a aumentar e atinge maior patamar desde 1981

Taxa acelerou em maio para 8,6% em um ano e preços de combustíveis influenciaram resultado.

Alan Santos | PR

Nem a maior economia do mundo está resistindo ao impacto global da taxa inflacionária. Os preços recordes de combustíveis nos Estados Unidos levaram o índice do país a 8,6% no acumulado de 12 meses encerrado em maio.

O dado é baseado no Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) e revela o mais alto patamar para os consumidores desde 1981.

O relatório do CPI exclui os preços voláteis de alimentos e energia. A taxa de preços subiu 1% no mês passado, após avanço de 0,3% em abril, segundo o Departamento do Trabalho.

Com isso, o FED, banco central dos EUA, deve elevar sua taxa de juros em mais 0,5 ponto percentual em junho e julho. Desde março, o Fed já elevou a taxa básica em 0,75 p.p.

Os valores de energia em geral subiram 34,6% em relação a 2021, impulsionados por uma alta de quase 50% nos preços da gasolina, com um aumento de 4,5% apenas em maio deste ano.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Economia

Instituições consultadas pelo Banco Central também esperam alta no PIB para 2022.

Economia

Taxa é inferior ao 0,59% de junho e ao 0,78% de julho de 2021

Mundo

Ditador comunista fez discurso em evento do aniversário do armistício que interrompeu a Guerra da Coreia em 1953.

Mundo

Alta de juros para combater níveis recordes de inflação influenciou resultado.

----- CLEVER ADS -----