Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Mulheres afegãs protestam contra imposição do Talibã para uso da burca

“Não toquem nas minhas roupas” é o slogan da campanha.

Majid Korang beheshti | Unsplash

“Não toquem nas minhas roupas” é o slogan da campanha que está se tornando viral nas redes sociais contra a imposição talibã do uso da burca.

As mulheres publicam uma fotografia vestidas com roupas coloridas, dizendo que esses vestidos é que são os trajes tradicionais afegãos.

A roupa tradicional afegã para mulheres inclui vestidos esvoaçantes coloridos que cobrem os tornozelos e pode também ter lenços cobrindo os cabelos.

É com esse estilo que as mulheres afegãs, em todo o mundo, se associaram a uma campanha online contra o uso da burca restaurada pelos extremistas islâmicos do Talibã.

O protesto na internet usa a linguagem das redes sociais, com hashtags e a frase DoNotTouchMyClothes (NãoToquemNasMinhasRoupas).

Essa frase combinada com a fotografia, cria uma corrente agregadora para todas as pessoas que quiserem se associar à causa.

A jornalista da BBC Sana Safi foi das primeiras mulheres a engrossar o ato.

Há 20 anos, a burca foi imposta pelos talibãs durante esse período. Esse código de vestuário está de volta com a nova fase política do país.

A campanha #DoNotTouchMyClothes já se tornou viral nas redes sociais.

Centenas de tuítes de mulheres residentes tanto no Afeganistão quanto em outros países têm compartilhado fotografias vestidas com as roupas coloridas, em sinal de protesto contra a burca escura que cobre todo o rosto e corpo da mulher afegã.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Resposta aos protestos tem sido cada vez mais violenta, com uso de munição real, cassetetes e chicotes.

Mundo

Guterres diz que é preciso evitar colapso econômico no Afeganistão.

Mundo

Grupo terrorista tomou controle do Afeganistão.

Mundo

Declaração foi feita pela chanceler Angela Merkel.