Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Coronel Tadeu diz temer assassinato de Bolsonaro na campanha eleitoral deste ano

Em 2018, um ex-filiado do PSOL tramou contra a vida do então deputado federal.

Divulgação | Arquivo Pessoal

Eleito deputado federal nas eleições de 2018, Coronel Tadeu afirmou que vai disputar a reeleição pelo PL, partido que vai abrigar o presidente Jair Bolsonaro e seus aliados políticos.

Em entrevista ao site O Tempo, o parlamentar disse que, na visão dele, o ano de 2018 foi, assim como em anos eleitorais anteriores, marcado por más escolhas nas urnas. Ele torce para que haja uma renovação à direita.

Em determinado momento da conversa, Tadeu disse temer que o chefe do Executivo seja alvo de novas investidas, como o atentado sofrido durante o pleito presidencial de 2018.

Até o momento, o mandatário já foi internado cinco vezes desde que foi atingido por uma facada em Juiz de Fora (MG), provocada por um ex-filiado do PSOL, em 6 de setembro daquele ano. Todas as cinco intervenções cirúrgicas foram relacionadas ao atentado.

Uma nova tentativa de assassinato contra o mandatário, segundo ele, pode partir dos ‘psicopatas do PT’.

“Olha, o PT é um partido de psicopatas, literalmente falando. Um bando de malucos que não sabem nada do que querem para vida. Eles vão partir para cima para poder tentar virar o jogo de qualquer jeito, que a gente sabe que é impossível. Tem que tomar cuidado. São violentos, parte para cima mesmo. O presidente Bolsonaro tem que ter muito cuidado na campanha. Eu tenho certeza de que o PT vai em algum momento tentar assassiná-lo”, declarou.

Para Coronel Tadeu, as pesquisas de intenção de voto que abrem vantagem para Lula são “manipuladas”.

Ele, ao analisar o cenário político em São Paulo, disse acreditar que o PSDB será derrotado após quase 30 anos no poder.

“São 28 anos de PSDB em São Paulo. Desta vez, eu não tenho dúvida nenhuma. O PSDB será retirado do comando do governo do estado até pelas últimas ações do governador João Doria que tem desagradado muito a população paulista. Principalmente em relação a essa politização de Covid-19. Ele trilhou por um caminho errado e está pagando um preço muito alto. Ele será afastado da política definitivamente” acrescentou.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Em entrevista, peruano diz que o líder petista tem uma imagem negativa e ligada à escândalos.

Política

É a segunda entrevista consecutiva que o mandatário concede a um canal do Youtube.

Judiciário

Associação alega que há uma inércia do Procurador-Geral da República.

Política

Desinformações circulam nas redes sociais desde o último fim de semana.

----- CLEVER ADS -----