Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Stephen Miller diz que Donald Trump tem permissão para disputar as eleições até 20 de janeiro

Stephen Miller, Conselheiro Sênior do Presidente dos EUA Donald Trump, disse à Fox News nesta segunda-feira (14) que o Presidente continuará a desafiar a eleição de 2020, mesmo depois que o colégio eleitoral votar nesta segunda-feira no candidato democrata Joe Biden como presidente eleito.

“A única data na Constituição é 20 de janeiro, então temos tempo mais do que suficiente para corrigir o erro desta eleição fraudulenta e certificar Donald Trump como o vencedor da eleição”, disse Miller durante a entrevista à Fox & Friends.

Miller também disse que uma “chapa alternativa de delegados” votará nos estados contestados e os resultados serão enviados ao Congresso.

“Isso garantiria que todos os nossos recursos legais permanecessem abertos”, disse ele.

Se a campanha de Trump ganhasse processos judiciais adicionais nos estados contestados, afirmou Miller, o conjunto alternativo de eleitores poderia ser certificado.

Miller citou três questões jurídicas importantes na eleição de 2020: votos de ausentes indevidamente lançados em Wisconsin, violação da Cláusula de Proteção Igualitária na Pensilvânia com votos cancelados e mudanças na correspondência de assinaturas na Geórgia sem a aprovação da legislatura estadual.

“Essas três violações sozinhas tornam Donald Trump o vencedor das eleições de 2020”, disse Miller.

Comentários

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Governo

Segundo o governo, trata-se de um ataque ransomware, em que os invasores geralmente pedem dinheiro em troca de dados sequestrados.

Judiciário

Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido.

Judiciário

Ex-deputado foi preso por decisão do ministro Alexandre Moraes, do STF.