Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Ajude a Evangelizar o Mundo

A Bíblia sempre tem razão

Coluna do Conexão Política sobre reflexões cristãs.

Aléx César
Aléx César

Conhecemos bem o significado do ditado “o tempo é o senhor da razão”. Quando algo está obscuro, quase sempre acaba se manifestando com o passar do tempo, quando uma série de desdobramento vai se cumprindo. O tempo, de fato, é capaz de conceder oportunidades para nos apresentar não só realidades novas, mas também as que se escondiam ou eram escondidas. Quando olhamos para o cenário político, para a realidade social e a experiência econômica atual, observamos que ‘alguns’ nos disseram que haveríamos de enfrentar o que estamos experimentando hoje.

Eu diria que a bíblia é experimentada com o tempo, vindo a demonstrar que sua ‘razão’ vai sendo demonstrada através do seu cumprimento. Na contramão do que muitos afirmam, a respeito do aperfeiçoamento do ser humano, em que a tecnologia faria de nós pessoas mais evoluídas e respeitadoras, mais humanas, e etc. A contemporaneidade nos mostra completamente o contrário. Evoluímos tecnologicamente e retrocedemos no quesito humano. Não podemos dizer que temos um ser humano melhor que no passado, especialmente, quando comparamos suas atitudes e comportamentos do presente. A bíblia tem razão ao nos trazer afirmações objetivas, capazes de nos fazer pensar e repensar sobre quem temos sido e para onde estamos caminhando moralmente e intelectualmente, além de nos conduzir a rever nossa condição de ser, a partir da realidade Deus:

1 – “O amor de muitos esfriará”, segundo Mateus 24:12

É evidente para nós que o amor se faz ausente em nosso tempo, no qual as pessoas têm se tornado indiferente ao extremo. O texto diz que esse estado de ‘esfriamento’ tem relação total com o ‘aumento da maldade’ entre as pessoas, gerando o fruto do desamor, da despreocupação com o próximo, sendo tudo isso desenvolvido no coração humano.

2 – “Todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus”, segundo Romanos 3:23

A razão do texto acima existir é que ele demonstra a condição de todo ser humano diante do seu Criador, mas não deixa que seja um fim em si mesmo, nos abandonado ao ermo da nossa existência. É um texto que nos aponta para a razão do nosso distanciamento de Deus. Portanto, nos apresenta a necessidade dessa distância ser resolvida. Se quisermos efetivamente solucionar nossas crises de existência, primeiro temos que nos resolver com Ele, entendendo e aceitando a nossa condição de criatura.

3 – “O salário do pecado é a morte”, segundo Romanos 6:23

Como tudo na vida possui recompensas, até o pecado gera recompensa a quem por meio dele vive. Neste caso específico, a consequência é a ‘morte espiritual’, que significa uma realidade de vazio da presença de Deus, ausência total da vida com Ele.

Os textos mencionados ao longo deste texto, nos dão o sentido daquilo que representa uma vida sem Deus, onde nos permitimos, arbitrariamente, viver ‘adaptados’ sem Sua presença. É uma condição de escolha permitida pela vontade própria, onde se busca desenhar o futuro sem Ele. Mas como bem diz a palavra em Provérbios: “Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte.” (Provérbios 14:12). A grandeza da razão bíblica nos faz experimentar que ela é capaz de produz uma nova realidade dentro de nós, sendo um “antes e depois”, e tão logo conseguimos nos encontrar com sua mensagem:

“Naquela época vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo.  Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo.” (Efésios 2:12,13)

A bíblia nos revela, em diversos textos, que é possível novas experiências, novas oportunidades, como se todas as nossas falhas pudessem ser ‘zeradas’ diante do Criador, além refazer nossa realidade, mesmo na condição de ser humano, pois Ele providenciou o entendimento e o caminho que precisamos fazer:

“Onde aumentou o pecado, transbordou a graça, a fim de que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reine pela justiça para conceder  vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor.” (Efésios 5:21)

Portanto, sozinhos, não temos a menor possibilidade de refazer a realidade do mundo, que caminha para uma direção crítica sobre sua própria humanidade. A direção que a bíblia propõe é que a mergulhemos em nosso mundo interior, para que por meio das Suas palavras de vida eterna descubramos duas coisas: quem somos e como resgatar nossa identidade original.

“A palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga as intenções do coração.” (Hebreus 4:12)

Ajude Evangelizar o Mundo!

Comentários

Pastor e Consultor de Seguro Saúde

Mundo

País asiático é um dos maiores mercados da gigante norte-americana.

Mundo

Medida segue repercutindo ao redor do mundo.

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Governo

Segundo o governo, trata-se de um ataque ransomware, em que os invasores geralmente pedem dinheiro em troca de dados sequestrados.