quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Rodrigo Valadares apresenta requerimento para Haddad ter que explicar alta de impostos

O deputado federal Rodrigo Valadares (União/SE) quer que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), seja convocado para prestar esclarecimentos à Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara dos Deputados.

O parlamentar solicitou, por meio de requerimento encaminhado ao presidente da Comissão, a chamada do ministro para que o petista esclareça os recentes aumentos de impostos.

—  Requeiro a V. Exa., com base no art. 50 da Constituição Federal e na forma do art. 219, § 1o, do Regimento Interno, que, ouvido o Plenário, se digne adotar as providências necessárias à Convocação do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado da Fazenda, Fernando Haddad para comparecer a Comissão de Desenvolvimento Econômico a fim de prestar esclarecimentos a esta Casa sobre a recorrência de aumento de impostos no Brasil desde a posse do novo governo, bem como possíveis razões, estudos e entendimentos realizados para a elevação da carga tributária — afirma o documento.

O congressista justifica a convocação afirmando que a reação do mercado pode, segundo ele, acabar desestabilizando a economia do país.

— Considerando que o aumento na carga tributária promove o desinvestimento, fuga de capitais e desemprego, as medidas de aumento de impostos vão a uma linha contrária de uma plena promoção de uma cadeia de desenvolvimento econômico. Enquanto outras nações reduzem suas tributações para promover a entrada de capital tanto nacional, tanto estrangeiro, o Governo brasileiro adota um alinha contrária, punindo empreendedores e consumidores com elevações na tributação no país — sustenta Valadares.

No Congresso, a oposição tem se articulando para que outros ministros do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sejam convocados. Apenas na data de ontem (21), a Comissão de Segurança Pública contava com 16 requerimentos de convocação de Flávio Dino, da Justiça e Segurança Pública, para serem analisados.

Leia também