Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

Após 5 meses na prisão, deputado Daniel Silveira é solto

Mesmo com a liberação, parlamentar não poderá se comunicar em redes sociais.

Robert Alves | Monumental Foto

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deixou a prisão no fim da manhã desta terça-feira (9).

Ele estava detido no Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, onde ficam presos com foro privilegiado e policiais militares.

A soltura veio após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogar a detenção.

Silveira foi preso em fevereiro sob alegação de agressões verbais e ameaças contra ministros do Supremo, posteriormente foi para o regime domiciliar. No entanto, em junho, voltou a ser preso em regime fechado.

Em sua decisão, Moraes determinou a substituição da prisão por medidas cautelares, como a proibição de utilizar redes sociais e ter contato com os demais alvos do inquérito.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Para ministro do Supremo, falas de Weintraub “se assemelham às investigadas no âmbito” do inquérito das fake news.

Judiciário

Preso sem julgamento, ex-deputado apresenta sintomas de início de trombose.

Congresso

Aliado do governo federal, deputado também rejeitou destaques da oposição.

Últimas

Comunicação com outros nomes citados no inquérito da ‘fake news’ também está proibida.