Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

CPI da Covid muda cronograma e adia apresentação de relatório final

Texto de Renan Calheiros seria lido na terça (19), mas agora segue sem data definida.

Leopoldo Silva | Agência Senado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado Federal remarcou seu último depoimento de segunda-feira (18) para terça-feira (19) e, com isso, adiou a leitura do parecer final.

Pelo menos por enquanto, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da investigação, ainda não definiu uma nova data para a apresentação e a votação do texto. Legalmente, a CPI tem autorização para funcionar até 5 de novembro.

Informações preliminares indicam que a intenção é postergar em cerca de uma semana a apresentação da conclusão dos trabalhos, possivelmente para o dia 26.

“Tem muita divergência ainda, precisamos discutir. Em relação a indiciamento, tipificação de crime. A ideia é uma semana de vista”, declarou o senador Humberto Costa (PT-PE), integrante do colegiado.

A minuta do relatório de Renan deverá pedir o indiciamento de mais de 60 pessoas, entre elas o presidente da República, Jair Bolsonaro, ministros do governo federal e ex-funcionários do Ministério da Saúde, além de empresários.

No texto, o congressista também vai propor pelo menos 17 alterações legislativas, que irão desde a facilitação de impeachment do chefe do Executivo até a tipificação penal da disseminação das chamadas fake news.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Cúpula do colegiado entregará parecer de Renan Calheiros ao Tribunal Penal Internacional, em Haia.

Política

Vereadores apontam irregularidades na gestão do transporte público em BH.

Congresso

Grupo vai fiscalizar cumprimento de medidas indicadas no relatório.

Congresso

Presidente da Câmara diz que comissão não pode ser “instrumento inquisitorial”.