Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

Senado autoriza Amazonas a fazer empréstimo de US$ 200 milhões

Recursos deverão ser aplicados em programa do governo amazonense sobre “ações de recuperação fiscal e investimentos sociais”.

Roque de Sá | Agência Senado

O governo do Amazonas foi autorizado a contratar um empréstimo de US$ 200 milhões com o Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). Essa quantia convertida à moeda brasileira equivale a pouco mais de R$ 1 bilhão.

O empréstimo foi aprovado pelo plenário do Senado Federal, na noite dessa quarta-feira (1º), e tem a garantia da União.

Os recursos deverão ser aplicados no Pro-Sustentável, programa do governo amazonense que abrange ações de recuperação fiscal e investimentos sociais.

O dinheiro também deverá ser utilizado para ajudar no controle da dívida pública, renovar o Portal de Transparência estadual, ampliar o Bolsa Floresta (programa de estímulo à conservação ambiental) e investir em saúde.

Haja dinheiro…

Não é a primeira vez que o Amazonas solicita empréstimo milionário a instituições financeiras internacionais.

Em dezembro do ano passado, o Banco Mundial aprovou transferir para o governo amazonense a quantia de US$ 200 milhões, equivalente a cerca de R$ 988 milhões na cotação da época, como parte de um plano de recuperação econômica pós-Covid.

A liberação do recurso ainda está sob análise da Secretaria de Assuntos Jurídicos (SAJ), da Secretaria-Geral da Presidência da República, uma vez que a garantia para esse tipo de transação também depende da União.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Regime extremista intensifica esforços para ganhar aceitação internacional.

Governo

Vice-presidente deixará o país na próxima semana.

Mundo

País deve à instituição o equivalente a 464 milhões de euros.

Política

Líder religioso acompanha o presidente Jair Bolsonaro durante a entrega de residências em Manaus.