Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Brasileiros já pagaram R$ 2 trilhões em impostos este ano

No ano passado, marca só foi atingida em 22 de dezembro.

Marcello Casal Jr. | Agência Brasil

O Impostômetro, painel da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) que registra o montante de tributos pagos pelos brasileiros em todo o país, ultrapassou a marca dos R$ 2 trilhões.

São contabilizadas todas as contribuições federais, estaduais e municipais. Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa a Agência Brasil.

Segundo o economista da ACSP, Ulisses Ruiz de Gamboa, o aumento da arrecadação dos governos acontece devido à retomada econômica, com a redução das restrições na quarentena contra a Covid-19.

“A retomada da atividade econômica, devido ao avanço da vacinação, é um dos principais fatores que levaram ao aumento do valor pago em impostos”, enfatizou.

A inflação também puxa o aumento do montante pago em tributos, de acordo com o economista, devido ao aumento dos preços dos produtos e serviços e, por consequência, nas alíquotas que incidem sobre esses.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro chegou a 1,16%. O índice, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é o maior para o mês de setembro desde 1994. Em 12 meses, o índice está em 10,25%.

O Impostômetro é um painel luminoso fixado na sede da Associação Comercial, na Rua Boa Vista, no centro de São Paulo. Ele também pode ser acessado na internet.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Alíquotas definidas pelos estados deverão considerar preço médio nos dois anos anteriores.

Congresso

Confira as principais sugestões que constam no relatório dos tributos sobre o consumo.

Governo

Novas alíquotas serão aplicadas de 20 de setembro a 31 de dezembro deste ano.

Economia

Diretor da TMF Group afirma que diferentes esferas de legislação e tributação são dificuldades para empresas no país.