Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Coca-Cola adota parque de 13 mil hectares na Amazônia

Objetivo é colaborar com a proteção de unidades de conservação natural, por meio de um programa do Ministério do Meio Ambiente.

Coca-Cola

Nesta última quarta-feira (28), a Coca-Cola Brasil assinou um protocolo para adoção da 8ª unidade de conservação do programa ‘Adote um Parque’, do Ministério do Meio Ambiente.

A região adotada possui 13.177 hectares e trata-se de Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE). No local, predomina o bioma amazônico, onde estão presentes espécies nativas como bosques da palmeira buriti.

De acordo com o ministro Ricardo Salles, o contrato é de 1 ano e prevê o investimento de R$ 658 mil durante esse período.

O ‘Adote um Parque’ visa atrair recursos para custear a manutenção dos parques da Amazônia Legal.

Pessoas e empresas brasileiras, ou estrangeiras, poderão contribuir com a preservação da região. No total, 132 áreas foram selecionadas para a 1ª etapa do programa.

Em nota à imprensa, a multinacional afirmou que “a adoção da área Javari-Buriti é mais uma iniciativa da qual participamos para a proteção do bioma no estado, onde estamos há 30 anos”.

“Isso faz parte do compromisso com a agenda de desenvolvimento sustentável da ONU, firmado com base na crença de que a sustentabilidade é um tema transversal a tudo o que fazemos”, declarou a Coca-Cola.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Ativista internacional foi convidada por parlamentares de esquerda para discursar no Congresso.

Congresso

Ativista climática participará de colegiado presidido por senador do PT.

Política

Declaração foi proferida durante palestra no evento 'CPAC Brasil', em Brasília.

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.