Conecte-se conosco

Economia

Coca-Cola adota parque de 13 mil hectares na Amazônia

Objetivo é colaborar com a proteção de unidades de conservação natural, por meio de um programa do Ministério do Meio Ambiente.

Published

em

Maximilian Bruck | Unsplash

Nesta última quarta-feira (28), a Coca-Cola Brasil assinou um protocolo para adoção da 8ª unidade de conservação do programa ‘Adote um Parque’, do Ministério do Meio Ambiente.

A região adotada possui 13.177 hectares e trata-se de Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE). No local, predomina o bioma amazônico, onde estão presentes espécies nativas como bosques da palmeira buriti.

De acordo com o ministro Ricardo Salles, o contrato é de 1 ano e prevê o investimento de R$ 658 mil durante esse período.

O ‘Adote um Parque’ visa atrair recursos para custear a manutenção dos parques da Amazônia Legal.

Pessoas e empresas brasileiras, ou estrangeiras, poderão contribuir com a preservação da região. No total, 132 áreas foram selecionadas para a 1ª etapa do programa.

Em nota à imprensa, a multinacional afirmou que “a adoção da área Javari-Buriti é mais uma iniciativa da qual participamos para a proteção do bioma no estado, onde estamos há 30 anos”.

“Isso faz parte do compromisso com a agenda de desenvolvimento sustentável da ONU, firmado com base na crença de que a sustentabilidade é um tema transversal a tudo o que fazemos”, declarou a Coca-Cola.

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).