Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Como uma parceria com a Uber salvou o caixa da Smiles na pandemia

Resgate de milhas para serviços por aplicativo subiu 58% no último bimestre de 2021.

Vanio C. Mattei | Flickr

O setor aéreo foi um dos mais prejudicados pela pandemia de Covid-19 no planeta.

Diante das restrições impostas por governadores e prefeitos e pelo aumento de infecções no Brasil, uma parceria entre a Smiles e a Uber rendeu bons frutos no período de crise sanitária.

As vendas totais da Smiles, que representam o acúmulo ou o resgate de milhas, aumentaram 46% desde 2018, quando a parceria teve início. Desde o surgimento do coronavírus as vendas aumentaram 49%. No último bimestre de 2021, a alta foi de 58%.

De acordo com administradora do plano de milhagens da Gol Linhas Aéreas, a crise estimulou a troca de milhas por serviços do dia a dia, como delivery e transporte por aplicativo, em detrimento dos voos.

A novidade recente é que os clientes que assinam o plano Uber Pass também podem acumular ou resgatar milhas. Quem escolhe o pacote semestral paga R$ 149 e recebe 450 milhas na Smiles.

Por vários momentos ao longo dos últimos dois anos, na falta das viagens aéreas, houve quem trocasse milhas por “viagens” em terra mesmo.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Economia

Novas implementações fazem parte do novo plano operacional da gigante americana.

Últimas

Medida anunciada em agosto pela empresa entrou em vigor neste mês.

Política

Em protesto, centenas de profissionais se deslocaram ao edifício-sede do Executivo.

Últimas

Na última sexta-feira (11), a 4ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) negou reconhecer a existência de vínculo empregatício entre o aplicativo de...