Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Turismo volta a aquecer no Brasil e deve gerar mais de 470 mil empregos

Desse total, 81,7 mil vagas serão voltadas, especificamente, à demanda da alta temporada.

Dani Vacs | Flickr

A flexibilização das medidas de isolamento social tem reaquecido o ritmo de atividade dos serviços turísticos no Brasil. A expectativa é que o segmento contrate 478,1 mil trabalhadores formais entre novembro de 2021 e fevereiro de 2022.

Desse total, 81,7 mil serão voltados, especificamente, para atender à demanda da alta temporada, com vagas temporárias, segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e noticiada pela Agência Brasil.

De acordo com o Índice de Atividades Turísticas, apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o volume de receitas do setor avançou 49,1% desde o fim da segunda onda da pandemia no país. E, embora ainda esteja 20,7% abaixo do nível registrado antes do início da crise sanitária, é o melhor resultado desde fevereiro de 2020.

Com a permanência desse cenário, a CNC projeta que as atividades turísticas faturem R$ 171,9 bilhões ao longo da próxima alta temporada o que contribuiria para levar o nível de volume de receitas ao patamar registrado imediatamente antes do início da pandemia a partir de maio de 2022.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Economia

Apesar de positivos, resultados ainda não voltaram ao patamar de 2019.

Economia

Estimativa de faturamento é de R$ 130 bilhões, afirma FecomercioSP.

Mundo

Richard Branson inaugurou as viagens turísticas ao espaço.

Economia

Em maio, admissões chegaram a 1,5 milhão e demissões a 1,26 milhão.