Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Exclusivo

Marco Feliciano detalha sobre o pedido de impeachment de Mourão

O parlamentar concedeu entrevista exclusiva ao Conexão Política nesta quarta-feira (17)

Conforme noticiado nesta quarta-feira, o deputado federal Marco Feliciano (Podemos-SP) protocolou um pedido de impeachment contra Hamilton Mourão (PSL), vice-presidente da República.

Em declaração exclusiva ao Conexão Política, o deputado comentou sobre o caso.

Para o parlamentar, o ato faz parte de uma estratégia de proteção ao governo federal.

“A função de um vice-líder do governo, como é o meu caso, não é somente fazer o aporte do Executivo ao Legislativo, mas também de blindar o governo, que está encarnado na figura de Jair Messias Bolsonaro”, disse.

Segundo Feliciano, Mourão tem “conduta indecorosa, desonrosa e indigna” e conspira contra o presidente da República.

“O presidente, num regime de presidencialismo, é a figura do governo. Quando alguém toca no governo, também toca na Constituição. Então, quando Hamilton Mourão, em 100 dias de governo, desdiz tudo o que o presidente já disse e sonha em assumir a cadeira de maneira conspiratória, alguém precisa se insurgir contra ele. Eu nunca tive medo e sempre lutei por aquilo que é justo e verdadeiro”, justificou.

O pastor evangélico também pontuou que o protocolo do pedido de impeachment funcionará como uma espécie de “recado” ao vice-presidente.

“A Dilma teve 19 pedidos de impeachment e ela os ignorou. O 20º [pedido] foi fatal. Então esse é apenas o primeiro para que o Hamilton Mourão, que eu me recuso a me chamar de general, que é um vice, um civil, se coloque no seu quadradinho”, finalizou.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Desde 2019, atual chefe do Executivo já foi alvo de 143 processos, uma média de 47,6 por ano.

Judiciário

Bruno Bianco enviou parecer em ação ajuizada pelo PDT.

Política

Cantor e pastor acumula mais de 10 milhões de seguidores nas redes sociais.

Congresso

Proposta prevê suspensão dos sistema até que Banco Central crie mecanismo de segurança.