Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

AGU diz que indicação de Bolsonaro na Petrobras é ‘escolha legítima’

A Advocacia-Geral da União (AGU) emitiu uma nota a respeito da indicação do presidente Jair Bolsonaro ao escolher o general Joaquim Silva e Luna para a presidência da Petrobras.

Segundo a AGU, a indicação decorre de uma ‘escolha legítima’.

A manifestação ocorreu no âmbito de uma ação ajuizada na 7ª Vara da Justiça Federal da 1ª Região, em Belo Horizonte (MG).

Não há, portanto, segundo o ministério, nenhuma irregularidade ou infração por parte do chefe do Executivo na decisão.

O texto diz que “as alegações dos autores não passam de conjecturas e ilações, desprovidas de qualquer elemento fático robusto, prestando-se apenas para contribuir para o ambiente de conflagração política, especulação no mercado de capitais e insegurança jurídica, que se formou em torno da uma escolha legítima de substituição de um membro do Conselho de Administração da Petrobras”, assegurou a AGU.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Aumento será de 33,24%, informou o chefe do Executivo federal.

Últimas

Valor venceria no próximo dia 31 e agora vai até 31 de março

Governo

Estatal alcançou 1,95 milhão de barris de óleo por dia.

Política

A partir de fevereiro, tributo estadual volta a ser corrigido conforme o valor nas bombas.