Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Argentino procurado pela Interpol é preso pela PF no Maranhão

Homem residia há 3 anos em Imperatriz e estava foragido por abuso sexual.

Scott Rodgerson | Unsplash

Nesta última segunda-feira (27), a Polícia Federal (PF) deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva para extradição expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em desfavor do argentino Daniel Adrian Marconi por prática, em tese, de crime de abuso sexual qualificado.

O procurado, que residia em Imperatriz desde 2018, estava na lista de Difusão Vermelha da Interpol. Ele será encaminhado ao sistema prisional, onde aguardará até sua possível extradição para a Argentina

O caso é um exemplar das diversas atribuições da Polícia Federal no campo da cooperação policial internacional.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Últimas

Operação Cannabis Furari é decorrência da Acesso Noturno, deflagrada em dezembro de 2021.

Últimas

Agentes apreenderam diversos equipamentos utilizados para extração de ouro.

Política

Investigação também descartou possível denunciação caluniosa do ex-ministro da Justiça.

Política

As investigações tiveram início em junho de 2020