Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Barroso defende controle das redes sociais para ‘proteger a democracia’

Presidente do TSE argumentou a favor da regulamentação de plataformas digitais.

Tânia Rêgo | Agência Brasil

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, voltou a defender nesta terça-feira (26) a regulamentação de plataformas digitais. A justificativa para a ideia, segundo ele, é combater “desinformações que comprometem a democracia”.

“Precisamos enfrentar a desinformação, sobretudo quando ela ofereça grave risco para a democracia ou para a saúde”, declarou, citando como exemplo a recente declaração do presidente Jair Bolsonaro que relaciona vacinas contra Covid-19 a eventuais casos de desenvolvimento do vírus da imunodeficiência humana (HIV).

Para Barroso, é “preciso ter algum tipo de controle de comportamentos, conteúdos ilícitos e da desinformação que ofereça perigos para valores caros da sociedade como a saúde e a democracia”.

As declarações do magistrado foram proferidas durante um evento internacional sobre desinformações e eleições, patrocinado pelo TSE.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Últimas

Corte cassou registro e diploma de candidatos envolvidos em fraude de cota de gênero.

Últimas

Novo pleito deverá ser coordenado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais.

Política

Arrecadação pode começar a partir do dia 15 deste mês

Política

Em ofício encaminhado a Edson Fachin, Ministério da Defesa pede divulgação integral dos dados.