Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Fábio Faria processa Ernesto Araújo por calúnia, injúria e difamação

Ministro das Comunicações foi alvo de críticas do ex-chanceler ao citar negociações pelo 5G.

Cleverson Oliveira (Mcom) e State Department USA

O ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), protocolou uma queixa crime por calúnia, injúria e difamação contra o ex-ministro Ernesto Araújo, que comandou o Itamaraty até março de 2021.

A ação foi ajuizada no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) e o protocolo foi divulgado por Faria nas redes sociais.

A motivação teria sido uma declaração de Araújo sobre a nova política do governo federal baseada na troca de favores com o centrão. Na ocasião, ele citou três integrantes do Executivo que contribuíram para “fazer tudo que a China quer”.

“Três pessoas que são chaves nisso: Ciro Nogueira, Fábio Faria, que entregou o 5G para a China, e Flavia Arruda”, afirmou o ex-chanceler ao podcast ConservaTalk.

Ao anunciar a demanda judicial, Faria disse que “enquanto a gente trabalha pelo Brasil, uns só atrapalham”. Segundo ele, “a partir de agora, mentiras e teorias esdrúxulas, fruto de criações mentais, serão tratadas na Justiça”.

Na peça processual, os advogados argumentam que as falas de Ernesto Araújo são, na verdade, ofensas que “não continham nenhum cunho informativo” e foram propaladas “com o intuito nítido de violar a honra” do ministro das Comunicações.

Em resposta, também nas redes sociais, o ex-chefe do Ministério das Relações Exteriores afirmou o processo é uma tentativa de calar conservadores e de usar de forma indevida o Judiciário como mordaça ao debate.

Segundo Araújo, Faria é aliado da “velha política” e atua de forma decisiva a fim de “diluir e enfraquecer” o projeto liderado em 2018 que levou Jair Bolsonaro (PL) ao Palácio do Planalto.

“Só não vê de que lado você está quem não quer. Você está do lado da velha política, contra o projeto transformador que o povo brasileiro escolheu em 2018 na figura do Presidente Jair Bolsonaro. Em um ano e meio no Ministério, você foi decisivo para diluir e enfraquecer aquele projeto e agora vem tentar calar – com medidas judiciais improcedentes – aqueles que, como eu, ainda sonham com um Brasil diferente do seu. Mas não se preocupe, jamais me deixarei intimidar e continuarei dizendo a verdade”, rebateu.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Ministro das Comunicações fala em “eleição histórica” e disputa entre Lula e Bolsonaro.

Política

Faria frisou que Bezerra não adquiriu nenhuma vacina.

Política

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado, nesta terça-feira (18), o ex-chanceler Ernesto Araújo afirmou que partiu dele a...

Política

"Não fiz nenhuma declaração que se possa qualificar como antichinesa", garantiu o ex-chanceler.