Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Fux diz que STF assegurou ‘regime democrático’ no Brasil

Ministro fez prestação de contas após 1 ano à frente da Corte.

Marcos Corrêa | PR

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira (22) que a Corte “seguirá firme” no propósito de salvaguardar o regime democrático e a rigidez do texto constitucional.

Fux abriu a sessão desta tarde com discurso de prestação de contas de um ano de gestão no comando do Tribunal. O mandato terminará em setembro do ano que vem.

“Neste próximo ano de gestão, continuaremos a nossa caminhada com independência, diligência e comprometimento, no labor pela melhoria dos serviços prestados ao país sem prejuízo de velarmos dia após dia, pelas instituições que nos fazem republicanos e pela nossa inegociável democracia brasileira”, declarou.

O magistrado também avaliou que o Supremo tem contribuído para a estabilidade institucional, “assegurando o regime democrático” no país.

“O STF não se quedou inerte. Pelo contrário, mostrou-se altivo, estável, resiliente e coeso, assegurando o regime democrático, dirimindo conflitos em prol de maior segurança jurídica e, de modo vigilante, garantindo a observância dos direitos fundamentais”, finalizou.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Em entrevista, ele citou a importância da ‘alternância do poder’ no regime democrático.

Judiciário

Aumento deve ser avaliado pelo Congresso Nacional.

Judiciário

PGR pediu o arquivamento da ação, mas ministro decidiu manter as investigações.

----- CLEVER ADS -----