Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Ministério Público apresenta denúncia contra Allan dos Santos

Decisão tem repercutido nas redes sociais.

Roque de Sá | Agência Senado
Roque de Sá | Agência Senado

O jornalista Allan dos Santos foi denunciado à Justiça nesta quarta-feira (18) pelo Ministério Público Federal (MPF).

A alegação é que Allan teria cometido ameaça e incitação contra o ministro Luís Roberto Barroso, integrante do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o portal do MPF, o fundador do veículo de comunicação ‘Terça Livre’ desafiou o ministro “a enfrentá-lo pessoalmente”.

Para a Procuradoria, o caso “superou os limites do razoável na livre expressão de pensamento e opinião e intimidou a vítima com a promessa de mal injusto.”

Segundo o órgão, Allan teria cometido os supostos delitos em um vídeo nomeado ‘Barroso é um miliciano digital’. O conteúdo foi ao ar no dia 24 de novembro de 2020.

“[No vídeo,] Allan profere palavras de ódio, baixo calão e em tom claramente ameaçador, afirmando: “Tira o ‘digital’, se você tem culhão! Tira a p**** do ‘digital’, e cresce! Dá nome aos bois! De uma vez por todas Barroso, vira homem! Tira a p**** do ‘digital’! E bota só terrorista! Pra você ver o que a gente faz com você. Tá na hora de falar grosso nessa p****!”, pontua o órgão.

De acordo com a peça acusatória, as palavras “estão excluídas do âmbito de cobertura da liberdade de expressão, porquanto configuram proibições expressas dispostas no direito internacional dos direitos humanos”.

O conteúdo supostamente faz “parte de uma campanha intencional e extensiva do denunciado para disseminar ódio contra os magistrados da Suprema Corte”, escreveram os procuradores João Gabriel Morais de Queiroz e Melina Castro Montoya Flores, autores da representação.

OUTRO LADO

Em nota à imprensa divulgada no início da tarde, o jornalista sustenta que “em momento algum” realizou “qualquer ameaça ao ministro” Luís Roberto Barroso.

No texto, ele afirma que apenas repercutiu uma declaração do presidente do TSE e fez uma análise sobre “potencial dano à honra das pessoas da internet” em razão dos termos utilizados pelo magistrado.

Para ter acesso à íntegra da denúncia, clique AQUI.

Para ter acesso à manifestação de Allan dos Santos, clique AQUI.

Comentários

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Judiciário

Contas bancárias do fundador do Terça Livre foram bloqueadas.

Judiciário

Órgão diz que aquisição de respiradores foi considerada irregular e com sobrepreço.

Judiciário

Buscas foram autorizadas pelo ministro no âmbito do inquérito das fake news.

Política

Presidente do TSE usou o termo ao cumprimentar jornalistas da GloboNews.