Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Partido dos Trabalhadores quer impor regras para delação premiada

Ação no Supremo terá como relator o ministro Alexandre de Moraes.

Lula Marques | Agência PT

O Partido dos Trabalhadores (PT) ajuizou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) em que pede a fixação de regras para os acordos de delação premiada.

No processo, a sigla lista sete pontos que, de acordo com a visão petista, representariam desrespeitos a princípios constitucionais, como o direito à ampla defesa.

O PT afirma que seu objetivo não é a revisão dos acordos de colaboração premiada já firmados nem aplicar retroatividade, mas apenas a “fixação” de limites em casos futuros.

No processo, a legenda cita alguns acordos que teriam desrespeitado as regras e foram total ou parcialmente invalidados pela Suprema Corte. Um exemplo foi o do ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral.

O caso foi distribuído ao ministro Alexandre de Moraes, que será o relator da ação no Tribunal. Para ter acesso à íntegra da petição, clique aqui.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Hashtag ocupou os 'Trending Topics' da rede social no país.

Judiciário

Entidades do Judiciário vão se reunir com Rosa Weber para tratar do assunto.

Judiciário

Lewandowski também quer ouvir explicações sobre supostas irregularidades na inoculação em crianças.

Judiciário

Valor anual pode ultrapassar R$ 2,3 mi; Corte diz que cargo de ministro 'requer alto grau de segurança'.