Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Pela primeira vez, Justiça revoga um mandado de prisão de Sérgio Cabral

Ex-governador permanecerá preso em decorrência de outros processos sobre corrupção.

Bruno Pereti | Flickr

A Primeira Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidiu, por unanimidade, determinar a substituição da prisão preventiva do ex-governador Sérgio Cabral por domiciliar.

Na determinação, o ex-mandatário fluminense deverá cumprir também as medidas cautelares de uso de monitoramento eletrônico e proibição de contato com investigados e réus da Operação Lava Jato.

Cabral, no entanto, permanecerá preso por responder na Justiça Federal a mais quatro processos sobre corrupção. Esta foi, porém, a primeira decisão favorável a ele na segunda instância que é o Tribunal Regional Federal.

O ex-chefe do Palácio Guanabara está preso desde 2016 e atualmente, cumpre pena no Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói, que é usado para prisão de policiais militares que tenham problemas com a Justiça.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Empresário é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Últimas

Ex-governador do Rio de Janeiro também teria acesso a banquetes dentro da cadeia.

Judiciário

Marco Antônio teria usado seu cargo de deputado para acessar o presídio em dias e horários não permitidos.

Judiciário

Para o juiz do caso, denúncia do MPF é "genérica" e investigadores não provaram delitos.