Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Solto pelo STF, narcotraficante André do Rap completa 1 ano foragido

Em outubro de 2020, criminoso saiu da prisão após liminar concedida pelo então ministro Marco Aurélio.

Reprodução

A soltura de um dos maiores narcotraficantes do país, André do Rap, completou um ano no último domingo (10).

Em outubro de 2020, o então ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a liberação do criminoso, após uma polêmica decisão monocrática.

Condenado em várias instâncias a penas que totalizam mais de 25 anos de reclusão, Rap é considerado um dos principais nomes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que atua principalmente no estado de São Paulo.

Horas após a liminar de Marco Aurélio, a decisão foi cassada pelo presidente do Tribunal, ministro Luiz Fux, mas era tarde, pois o marginal já havia deixado a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau (SP).

Na ocasião, ao receber o alvará de soltura, André do Rap informou como endereço um imóvel no Guarujá, na Baixada Santista. Ele “prometeu” ir para casa, no entanto, tomou outro rumo e segue foragido até hoje.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Presidente Prudente (SP), subordinado ao Ministério Público de São Paulo (MPSP), suspeita que o narcotraficante esteja escondido na Bolívia junto com outros comparsas do PCC.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Elite do funcionalismo público quer reajuste de 19,99%, referente ao período de 2019 a 2021.

Judiciário

Entidades do Judiciário vão se reunir com Rosa Weber para tratar do assunto.

Judiciário

Lewandowski também quer ouvir explicações sobre supostas irregularidades na inoculação em crianças.

Judiciário

Valor anual pode ultrapassar R$ 2,3 mi; Corte diz que cargo de ministro 'requer alto grau de segurança'.