Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

AGU diz que STF não pode fixar prazo para impeachment

Bruno Bianco enviou parecer em ação ajuizada pelo PDT.

Fabio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o advogado-geral da União, Bruno Bianco, sustentou que não é papel da Corte definir prazo para análise de pedido de impeachment, por se tratar de um processo de natureza política.

A manifestação foi encaminhada no âmbito de uma ação ajuizada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) que visa obrigar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a pautar ações contra Jair Bolsonaro.

“A eventual imposição de processamento da denúncia para apuração de responsabilidade do presidente da República, pelo Poder Judiciário, violaria o princípio da separação dos poderes, assegurado no art. 2º da Constituição Federal, tendo em vista que tal competência é do Poder Legislativo”, escreveu Bianco.

Na Suprema Corte, o relator do caso é o ministro Kassio Nunes Marques.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Fux diz que eventual derrubada de plenário virtual pode trazer 'colapso' ao Judiciário.

Judiciário

Ministro conduzirá trabalhos do colegiado por um ano, a partir de agosto.

Congresso

2022 está na metade, mas já empatou com 2014 na quantidade de emendas à Carta Magna.

Política

Deputado estadual paranaese foi destituído pelo TSE por divulgar fake news.

----- CLEVER ADS -----