Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Xuxa perde ação em 2ª instância que moveu contra Carla Zambelli

Tribunal de Justiça de SP julgou o caso como improcedente.

Xuxa
Reprodução | Youtube

A 7ª Câmara de Direito Privado julgou, durante sessão no Tribunal de Justiça de São Paulo, uma ação de reparação de danos movida pela apresentadora Xuxa Meneghel contra a deputada federal Carla Zambelli (PL).

Segundo informações da coluna de Guilherme Amado, o processo da ‘rainha dos baixinhos’ foi julgado como improcedente e, sendo assim, a Câmara manteve a decisão anterior, tomada em primeira instância.

Em 2020, Xuxa anunciou o lançamento do livro Maya, voltado para crianças e com temática LGBT.

Zambelli, por sua vez, publicou nas redes sociais críticas ao livro. Por meio de um vídeo, ela alegou que o material poderia levar a “destruição de valores humanos” das crianças.

— O alvo dessa teia de destruição de valores humanos não é mais você. Essa mira está apontada para a mente das nossas crianças! Sexualizar e instigar inocentes ao sexo pavimenta a pedofilia e a depravação. Não tenhais medo. Lute por elas conosco — disse a parlamentar naquela ocasião.

O escritório que representou a deputada foi o de Karina Kufa, que também compõe a defesa do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Congresso

Senado deve ficar com Marcos Pontes, ex-ministro do governo federal.

Judiciário

Comunicador disse que a ‘rainha dos baixinhos’ queria “levar crianças à prostituição e suruba”.

Congresso

Carla Zambelli é um dos nomes políticos mais próximos do presidente Jair Bolsonaro.

Últimas

“Toma vergonha nessa cara”, disse o youtuber.

----- CLEVER ADS -----