Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Ano letivo é iniciado com máscaras opcionais em muitas escolas nos EUA

Governador da Flórida disse que a opção pelo uso do item deve ser uma escolha dos pais.

Marc Thele | Pixabay Máscaras faciais

Os estados americanos de Arkansas, Arizona, Carolina do Sul, Flórida, Iowa, Oklahoma, Texas e Utah baniram os requisitos de máscara faciais em escolas públicas, enquanto na outra ponta do espectro a Califórnia, Louisiana, Nova Jersey, Oregon e Washington pretendem exigir o item para todos os alunos e professores, independentemente do status de vacinação. Já a Geórgia, por sua vez, optou por deixar para as escolas locais decidirem se exigem coberturas faciais.

Escolas têm enfrentado forte resistência às máscaras de pais e líderes políticos nos EUA. Muitos consideram as regras do uso de máscaras faciais uma intrusão na autoridade dos pais para tomar decisões sobre a saúde de seus filhos.

O governador republicano da Flórida, Ron DeSantis, afirmou na quinta-feira (5) que a decisão de usar máscaras nas escolas deve ser tomada pelos pais, acrescentando: “Quais são os efeitos prejudiciais de colocar uma máscara em um jardim de infância por 7 horas? Eles falaram sobre o emocional, o acadêmico, o fisiológico? Por que o CDC não está estudando isso?”

DeSantis publicou em suas redes sociais o um pedido de uma mãe: “Queremos que [as máscaras] sejam uma escolha dos pais”, disse Anita Whitby-Davis, mãe de dois filhos e representante de pais na escola de suas crianças.

Em 30 de julho, o mandatário assinou uma ordem executiva para que a Secretaria de Saúde da Flórida crie regras, em colaboração com Secretaria de Educação da Flórida, para proteger a liberdade dos pais de escolher se seus filhos devem ou não usar máscaras na rede de ensino.

Comentários

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Mundo

Presidente dos EUA garantiu que agirá 'rapidamente' se uma atualização da vacina for necessária.

Mundo

Júri de Wisconsin reconheceu que Kyle Rittenhouse não fez nada de errado e o considerou inocente.

Mundo

Casa Branca incluiu 12 empresas do país asiático em lista negra comercial.

Mundo

País comunista se opõe 'firmemente' e afirma que Biden comete 'erro' ao acenar para a ilha.