Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Argentina limita quantidade de combustível para brasileiros na fronteira

Porto Iguaçu definiu cota de 15 litros por cliente estrangeiro após alta demanda.

Mediabanco Agencia

A cidade argentina de Porto Iguaçu, localizada na região da Tríplice Fronteira, decidiu limitar a quantidade de combustível que estrangeiros podem adquirir.

A ação foi adotada após milhares de brasileiros e paraguaios cruzarem a Ponte Internacional da Fraternidade em razão de o preço do produto ser mais atrativo, muitas vezes chegando à metade do valor oferecido em solo tupiniquim.

Com a alta demanda, alguns postos foram desabastecidos. Segundo a norma argentina, será permitido até 15 litros da commodity para veículos “de fora” que abastecem em Porto Iguaçu.

O representante da Câmara de Combustíveis da província de Missiones, Faruk Jalaf, emitiu nota em que defende a validade da medida. “Estamos tentando aumentar a produção, mas lamentavelmente temos uma cota de abastecimento”, escreveu.

“Não nos permitem mais que uma certa quantidade de combustível, porque o preço está baixo, e o barril do petróleo subiu para US$ 80 dólares, mas aqui mantivemos a US$ 60”, continuou Jalaf.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Altas temperaturas geraram aumento na demanda para resfriar residências e empresas.

Governo

Cobrança de tributos também foi alterada pela nova legislação.

Política

Petista foi recebido por Alberto Fernández e Cristina Kirchner no país vizinho.

Últimas

Organização criminosa pagava propina a agentes públicos do estado fluminense.