Conecte-se conosco

Mundo

Boca de urna no Peru aponta tendência de vitória de Keiko Fujimori, candidata que pediu ‘fora, Lula’

Diferença segue diminuindo com avanço de apuração dos votos do interior.

Publicado

em

Reprodução | Facebook

O Peru, conforme registrou o Conexão Política, foi às urnas neste domingo (6) para eleger o novo presidente do país.

Numa disputa extremamente acirrada, o resultado eleitoral deve ser confirmado somente nos últimos minutos. Segundo apurou a reportagem, os resultados oficiais podem demorar até quarta-feira (9).

Apesar disso, as primeiras pesquisas de boca de urna apontam uma ampla vantagem de Keiko Fujimori contra Pedro Castillo. Mesmo sob empate técnico, os números confirmam alta tendência da candidata na reta final da campanha.

Segundo levantamento da Ipsos para a América TV, que ouviu 30.000 pessoas, Fujimori obteve 50,3% dos votos, contra 49,7% de Castillo.

Em abril, Fujimori veio a público para pedir que o boliviano Evo Morales não interferisse na campanha eleitoral do país. Anteriormente, Morales usou as redes sociais para desejar sucesso a Castillo.

“Quero dizer claramente ao senhor Evo Morales: o senhor não entra no meu país. [Você] não entra no Peru! Fora do Peru”, disse Fujimori à imprensa.

Em outro momento, ela declarou que as pessoas do século XXI têm despertado para os danos causados pelo comunismo ao longo de sua história. Ainda segundo ela, as lideranças que representam essa ideologia política estão fadadas ao fracasso.

Em tom de repúdio, Fujimori citou algumas figuras da esquerda, incluindo o ex-presidente Luiz Inácio (PT), a quem dirigiu um ‘Fora, Lula!’.

O candidato que vencer o pleito peruano deve enfrentar uma grave crise econômica, institucional e de saúde agravada pela pandemia da Covid-19.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.