Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Califórnia quer que restaurantes cobrem uma taxa de 1% para combater mudanças climáticas

De acordo com um relatório da KOVR-TV, a ideia está sendo recebida com críticas diversas. 

De acordo com um relatório da KOVR-TV, a ideia está sendo recebida com críticas diversas. 

Uma nova iniciativa para combater as mudanças climáticas foi lançada na Califórnia, impulsionada por uma coalizão de entidades públicas e privadas que esperam transferir carbono do ar para o solo.

Com a finalidade de conseguir recursos para pagar o plano destinado a criar “um sistema alimentar sustentável”, os idealizadores estão pedindo aos restaurantes do estado para começarem a cobrar uma taxa adicional de 1% aos seus clientes.

A Perennial Farming Initiative quer que os donos de restaurantes se inscrevam para cobrarem a sobretaxa “opcional” junto aos seus clientes, para que os fundos possam ser canalizados para a California Air Resource Board e “gastos na implementação de planos de carbono em fazendas e ranchos em toda a Califórnia”.

De acordo com um relatório da KOVR-TV, a ideia está sendo recebida com críticas diversas. 

A iniciativa está programada para ser lançada no outono, e os defensores dizem que ela pode arrecadar muito dinheiro para ser usada nos esforços de redução de carbono.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Comentários

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Mundo

Washington ameaçou impor sanções a Moscou em caso de investida contra Kiev.

Política

Governador de São Paulo está em Nova York para encontros com empresários.

Mundo

Presidente dos EUA garantiu que agirá 'rapidamente' se uma atualização da vacina for necessária.

Mundo

Júri de Wisconsin reconheceu que Kyle Rittenhouse não fez nada de errado e o considerou inocente.