Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

China realiza exercícios militares próximos a Taiwan em provocação aos EUA

“Este é um aviso solene contra a recente aliança”, disse um porta-voz do exército chinês.

Colin Cooke | Flickr

A mídia estatal chinesa publicou nesta quarta-feira (25) que militares do país comunista realizaram um exercício em torno de Taiwan como um “aviso solene” contra a “aliança” da ilha com os Estados Unidos.

Na segunda-feira (23), o presidente norte-americano Joe Biden sinalizou uma mudança na política externa dos EUA de “ambiguidade estratégica” em Taiwan, dizendo que poderia envolver soldados em caso de invasão chinesa.

Um dia depois, no entanto, a Casa Branca emitiu um comunicado afirmando que não houve alteração nas posições relacionadas ao imbróglio China-Taiwan.

O Comando Oriental do Exército de Libertação do Povo Chinês, ao comentar as operações militares, revelou que foram realizadas patrulhas e exercícios no espaço aéreo e marítimo ao redor de Taiwan.

“Este é um aviso solene contra o recente conluio entre os Estados Unidos e Taiwa. É hipócrita e fútil que os Estados Unidos digam uma coisa e façam outra sobre a questão de Taiwan”, disse o porta-voz Shi Yi.

O regime chinês considera Taiwan uma parte inalienável de seu território. Já o governo da ilha vê-se como um Estado soberano, com Constituição, forças armadas, moeda e eleições democráticas.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Saúde

Todas hipóteses sobre surgimento do vírus permanecem à mesa, garantiu o diretor da entidade.

Mundo

No país comunista, o setor automotivo foi o mais afetado pelo fechamento da economia.

Governo

Vice disse que 'ruídos' durante a pandemia não prejudicaram a diplomacia junto ao país comunista.

Mundo

Porta-voz do regime comunista criticou países que 'usam o tom de um professor de democracia'.