Conecte-se conosco

Mundo

‘Desejo-lhe boa saúde’, diz Putin após ser chamado de ‘assassino’ por Biden

Published

em

Kremlin | Divulgação

Nesta última quinta-feira (18), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, rebateu ofensas proferidas pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. A declaração do chefe do Kremlin foi veiculada por um canal de televisão estatal.

Para o mandatário americano, o líder russo é um ‘assassino sem alma’. Em resposta, Putin afirmou: “Sempre vemos nossos próprios traços em outras pessoas e achamos que elas são como nós somos, na verdade. E como resultado, avaliamos as atividades [de uma pessoa] e fazemos avaliações”.

E acrescentou: “Lembro de minha infância, quando discutíamos no pátio costumávamos dizer ‘um se reconhece no outro’. E isto não é uma coincidência, não é só um ditado de crianças ou uma piada”.

Ainda de acordo com o presidente da Rússia, as palavras de Joe Biden revelam que o novo governo dos EUA não quer pacificação nas relações entre os países. Ele revelou que pediu ao embaixador de seu país para ter uma conversa com o secretário de Estado norte-americano.

“Como Biden disse, nós nos conhecemos pessoalmente. O que eu responderia a ele? Eu diria: desejo saúde a você. Desejo saúde a você. Digo isso sem ironia ou piada”, declarou Putin, no fim da entrevista.

De acordo com a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, o presidente dos Estados Unidos não se arrepende das declarações que fez.

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).