Conecte-se conosco

Mundo

Dono da Louis Vuitton diz que Greta Thunberg desmoraliza jovens

Ele disse que a ativista está ‘se rendendo ao catastrofismo’.

Published

em

Reprodução

Bernard Arnault é um dos homens mais poderosos do mundo da moda – responsável pelo grupo LVMH – que inclui marcas como Fendi, Christian Dior, Givenchy, Fenty e Louis Vuitton.

Sua fortuna é estimada em mais de US $ 107 bilhões.

Neste final de semana, o empresário concedeu entrvista no qual comentou sobre a polêmica envolvendo Greta Thunberg.

Para ele, a ativista sueca Greta Thunberg é “desmoralizante”.

Ela é uma jovem dinâmica, mas está se rendendo completamente ao catastrofismo. Acho que suas opiniões são desmoralizantes para os jovens.”

E acrescentou:

“Prefiro soluções positivas que nos permitem alcançar uma visão mais otimista.

Empresa ecológica

Arnault também fez questão de frisar que suas empresas possuem compromissos ‘ecológicos’ e suas empresas.

“Acreditamos que o desempenho ecológico é uma fonte de inovação, criatividade e excelência, e deve ser considerado em todas as atividades de design e fabricação”, afirmou.

O Grupo LVMV prometeu reduzir suas emissões em 25% até 2020.

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br