Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Musk diz a funcionários do Twitter que rede social será “refúgio para liberdade”

Empresário se reuniu com empregados da plataforma pela 1ª vez desde o início das negociações.

Zack | MCOM | Flickr

O bilionário Elon Musk se reuniu nesta quinta-feira (16) com funcionários do Twitter nos Estados Unidos. No encontro, o homem mais rico do mundo disse querer tornar a rede social em “um refúgio para a liberdade de expressão”.

Durante a reunião, o magnata defendeu que o algoritmo da plataforma seja em código aberto, citando o aplicativo WeChat como exemplo.

O empresário também se mostrou flexível quanto ao trabalho remoto, embora critique o formato. Na Tesla, obrigou o retorno ao presencial.

Foi o primeiro encontro entre Musk e empregados do Twitter desde o início das negociações para comprar integralmente a Big Tech. A aquisição ainda não foi concluída, uma vez que há divergências em números apresentados pela rede social, especialmente quanto aos perfis falsos.

Durante a reunião, ele frisou que pretende fazer o Twitter chegar a 1 bilhão de usuários. Atualmente são 229 milhões. Também reiterou a intenção em desenvolver mais serviços pagos na plataforma.

“Neste momento, os custos excedem a receita. E essa não é uma ótima situação”, teria dito o magnata, conforme informações do jornal The New York Times.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Em decisão, magistrado diz que banimento foi fruto de medida indevida.

Economia

Colegiado pediu aos acionistas que aceitem a proposta feita pelo bilionário.

Economia

Zona Franca de Manaus é tida como local ideal para a construção da empresa.

Últimas

Bilionário desembarca nesta manhã em São Paulo para compromissos com autoridades.