Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Biden anula política de Trump e volta a permitir voos para Cuba

Revogação inclui permissão a aeroportos que não ficam em Havana.

GPA | Dusan Ilic

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta última quarta-feira (1º) a revogação de restrições a voos para Cuba, em um movimento de anulação da política adotada pelo ex-presidente Donald Trump.

A nova determinação de Joe Biden acaba com a proibição a voos norte-americanos para aeroportos cubanos que não ficam em Havana.

Segundo o Departamento de Estado dos EUA, a ordem foi emitida a partir de um pedido feito pelo secretário Antony Blinken. Para ele, a medida sinaliza “apoio ao povo cubano e aos interesses de política externa dos Estados Unidos”.

No mês passado, a Casa Branca já havia indicado uma mudança de postura como parte de uma revisão mais ampla de sua política em relação ao país socialista.

O governo Trump havia imposto restrições de aviação em 2019 e 2020, em uma tentativa de aumentar a pressão econômica sobre a ditadura cubana. O então secretário de Estado, Mike Pompeo, afirmou na ocasião que Cuba “usa o turismo e fundos de viagens para financiar seus abusos e interferência na Venezuela” e que “ditadores não podem se beneficiar do turismo dos EUA”.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Ditador comunista fez discurso em evento do aniversário do armistício que interrompeu a Guerra da Coreia em 1953.

Mundo

Alta de juros para combater níveis recordes de inflação influenciou resultado.

Mundo

Países são dois dos principais mercados para os produtos siderúrgicos do Brasil.

Mundo

Acusação consta em relatório anual do Departamento de Estado americano.

----- CLEVER ADS -----