Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

FMI suspende ajuda financeira ao Afeganistão

País deve à instituição o equivalente a 464 milhões de euros.

IMF Photo | Cory Hancock

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse nesta quarta-feira (18) que o Afeganistão não terá acesso aos recursos da instituição, incluindo uma nova alocação de reservas de Direitos Especiais de Saque.

O motivo alegado diz respeito à falta de clareza em torno do reconhecimento de seu governo após o grupo extremista islâmico Talibã ter assumido o controle de Cabul.

“Como sempre acontece, o FMI é guiado pelas opiniões da comunidade internacional”, disse um porta-voz da entidade em um comunicado oficial.

“Atualmente, há uma falta de clareza na comunidade internacional em relação ao reconhecimento de um governo no Afeganistão, em consequência da qual o país não pode acessar DES ou outros recursos do FMI”, completou.

Vale lembrar que o FMI é um grande credor do Afeganistão, já que o país deve à instituição o equivalente a 464 milhões de euros.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Grupo extremista Talibã tomou o poder no Afeganistão em agosto deste ano.

Mundo

Representantes do grupo extremista e da Casa Branca estão reunidos no Qatar.

Mundo

Brasil já é parceiro importante para que não falte comida no país.

Mundo

Partes do texto que estiverem em desacordo com a sharia não serão aplicadas.