Conecte-se conosco

Mundo

Nigéria suspende uso do Twitter após censura ao presidente do país

Publicado

em

U.S State Department | Divulgação

O governo da Nigéria suspendeu, por tempo indeterminado, as operações do serviço de microblog e rede social Twitter.

O ministro da Informação e Cultura, Alhaji Lai Mohammed, anunciou o bloqueio em um comunicado divulgado em Abuja nesta sexta-feira (4).

No texto, ele cita o “uso persistente da plataforma para atividades, capaz de minar a existência corporativa da Nigéria”.

O ministro disse que o governo federal do país também instruiu a National Broadcasting l Commission (NBC) para iniciar imediatamente o processo de licenciamento de todas as plataformas OTT (Over The Top) – plataformas de distribuição de conteúdos pela internet no qual o usuário assiste sob demanda – e operações de mídia social na Nigéria.

O governo do país africano repreendeu esta semana o Twitter por bloquear a conta e excluir uma publicação no qual o líder do país, Muhammadu Buhari, ameaçava repressão aos separatistas.

A empresa de mídia social afirma que o tweet de Buhari, referindo-se à guerra civil de 1967-70 na região sudeste do Biafra que matou 1 milhão de pessoas, violou sua política de “comportamento abusivo”, levando à suspensão do perfil por 12 horas.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.