Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Nigéria suspende uso do Twitter após censura ao presidente do país

U.S State Department | Divulgação

O governo da Nigéria suspendeu, por tempo indeterminado, as operações do serviço de microblog e rede social Twitter.

O ministro da Informação e Cultura, Alhaji Lai Mohammed, anunciou o bloqueio em um comunicado divulgado em Abuja nesta sexta-feira (4).

No texto, ele cita o “uso persistente da plataforma para atividades, capaz de minar a existência corporativa da Nigéria”.

O ministro disse que o governo federal do país também instruiu a National Broadcasting l Commission (NBC) para iniciar imediatamente o processo de licenciamento de todas as plataformas OTT (Over The Top) – plataformas de distribuição de conteúdos pela internet no qual o usuário assiste sob demanda – e operações de mídia social na Nigéria.

O governo do país africano repreendeu esta semana o Twitter por bloquear a conta e excluir uma publicação no qual o líder do país, Muhammadu Buhari, ameaçava repressão aos separatistas.

A empresa de mídia social afirma que o tweet de Buhari, referindo-se à guerra civil de 1967-70 na região sudeste do Biafra que matou 1 milhão de pessoas, violou sua política de “comportamento abusivo”, levando à suspensão do perfil por 12 horas.

Comentários

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Judiciário

Rede sociais se manifestaram no inquérito sigiloso que apura supostos atos antidemocráticos.

Judiciário

Congressista foi um dos alvos da operação deflagrada contra organizadores de manifestações em 7 de setembro.

Judiciário

Ex-deputado é acusado de integrar 'milícia digital' que visa desestabilizar as instituições democráticas.

Editorial

O famoso ‘selinho azul’ garante credibilidade e notoriedade, além de posicionar este jornal digital em destaque no cenário midiático brasileiro.