Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Professor é afastado após dizer que atração sexual por crianças ‘nem sempre é imoral’

Declaração foi proferida durante participação em uma entrevista virtual.

Virginia Sea Grant | Flickr

Uma universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, colocou um professor assistente em licença administrativa depois que o profissional provocou uma reação acalorada por dizer que “não é necessariamente imoral que adultos se sintam sexualmente atraídos por crianças”. A informação foi divulgada pelo New York Post.

Segundo a reportagem, Allyn Walker, que ensina Sociologia e Justiça Criminal na Old Dominion University (ODU), proferiu o comentário polêmico ao discutir os termos “pessoas que se sentem atraídas por menores” e “pedófilos” durante uma entrevista em 8 de novembro com a Prostasia Foundation, uma organização de proteção à criança com sede em San Francisco, na Califórnia.

Walker, que usa os chamados “pronomes neutros”, estava discutindo seu livro, “A Long Dark Shadow: Minor-Attracted People and Their Pursuit of Dignity” [tradução livre: ‘Uma Longa Sombra Escura: Pessoas Atraídas por Menores e Sua Busca pela Dignidade’].

Na ocasião, ele insistiu que é importante usar a terminologia “pessoas atraídas por menores” em vez de “pedófilo” porque seria “menos estigmatizante”.

Em um comunicado nesta última terça-feira (16), a universidade disse que colocou Walker em licença administrativa.

“Quero afirmar da forma mais forte possível que o abuso sexual infantil é moralmente errado e não tem lugar em nossa sociedade”, declarou o presidente da ODU, Brian Hemphill, em uma declaração anexa.

“Este é um momento desafiador para nossa universidade, mas estou confiante de que nos uniremos e seguiremos em frente como uma família Monarca”, acrescentou.

Nas redes sociais, Walker foi intensamente criticado após ter a sua declaração repercutida, especialmente no Twitter. Internautas o acusaram de tentar “normalizar” a pedofilia.

Após as críticas e o consequente afastamento da instituição, ele divulgou uma declaração conjunta no sábado (13) com a Old Dominion University esclarecendo seus comentários.

“Quero ser claro: o abuso sexual infantil é um crime imperdoável”, disse Walker. “Como professor assistente de Sociologia e Justiça Criminal, o objetivo da minha pesquisa é prevenir o crime.”, argumentou.

Comentários

Correspondente internacional na Europa.

Mundo

Ditador comunista fez discurso em evento do aniversário do armistício que interrompeu a Guerra da Coreia em 1953.

Mundo

Alta de juros para combater níveis recordes de inflação influenciou resultado.

Mundo

Países são dois dos principais mercados para os produtos siderúrgicos do Brasil.

Mundo

Acusação consta em relatório anual do Departamento de Estado americano.

----- CLEVER ADS -----