Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Suprema Corte dos EUA bloqueia decisão de Biden de impor vacinação nas empresas

Integrantes do governo Biden acreditavam que a Corte manteria a regra.

Evelyn HockStein

A Suprema Corte dos Estados Unidos bloqueou nesta quinta-feira (13) a decisão do presidente Joe Biden de impor a vacinação contra a covid-19 nas empresas com mais de cem funcionários.

Pelo documento da portaria, funcionários não-vacinados deveriam fazer testes semanais para saber se estavam positivados ou não.

A medida tinha sido comemorada pelos democratas. Os parlamentares de esquerda adotaram o tom da ação como representação de compromisso do governo em torno do combate à pandemia.

No entanto, com a sentença de hoje, a decisão judicial tem sido encarada como derrota amarga contra Biden.

Ainda conforme o texto da Suprema Corte, fica mantida a obrigação de vacinação para funcionários de instituições sanitárias que recebam fundos federais.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Últimas

No Brasil, apenas a vacina da Pifzer tem aprovação para uso pediátrico

Últimas

Recomendação do Ministério da Saúde foi dada em dezembro

Governo

De acordo com a pasta, só uma lei federal é capaz de estabelecer vacinação compulsória para o retorno das aulas.

Governo

Maioria dos Estados não pretende exigir recomendação médica para vacinar crianças.

----- CLEVER ADS -----