Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Alegando necessidade de diálogo e pacificação, FHC, Temer e Sarney se reúnem em evento

Debate tratou sobre crise institucional e democracia.

Jane Araújo | Agência Senado

Os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso, José Sarney e Michel Temer vieram a público para manifestar defesa de amplo diálogo como saída para “pacificar o país”.

Sob alegação de uma busca política por entendimento, os veteranos têm reforçado o discurso de que o país necessita de estabilidade para voltar aos trilhos do desenvolvimento.

Nesta quarta-feira, 15, o trio integrou a lista de convidados do evento “Um novo rumo para o Brasil”, promovido pelo MDB, PSDB, DEM e Cidadania, cuja coordenação foi conduzida pelo ex-ministro Moreira Franco.

Durante o evento, FHC que o Brasil precisa “reafirmar a crença no sistema democrático”.

Temer, na sequência, disse que há “criminalização do diálogo” no país.

“Isso atrapalha as soluções para o problema do país”, acrescentou ele.

Na semana passada, conforme registrou o Conexão Política, o emedebista, responsável por indicar Alexandre de Moraes ao Supremo Tribunal Federal (STF), foi acionado pelo atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido), para ajudá-lo a dialogar com os Poderes da República.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Declaração foi concedida ao jornal O Globo.

Política

Ex-presidente confirmou a autoria do texto.

Política

Para ele, Doria é um exemplo a ser seguido na política.

Política

Ex-presidente diz que Doria tem chances, mas vê espaço para apoiar PT em 2022.