Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Alexandre Frota denuncia Tarcisio de Freitas no MP de São Paulo

Reação ocorre após Tarcísio dizer que SP fez acordo com o crime organizado.

Michel Jesus | Câmara dos Deputados

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) entrou com uma ação no Ministério Público de São Paulo contra o ex-ministro da Infraestrutura e pré-candidato ao governo de São Paulo, Tarcisio de Freitas (Republicanos).

Frota, segundo informações do portal Metrópoles, solicita que o órgão cobre explicações de Tarcísio, na condição de que ele apresente provas de que a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo tem um acordo com o crime organizado.

Conforme registrou o Conexão Política, o aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que São Paulo “fez um pacto com o crime organizado, de não combatê-lo”.

De acordo com ex-integrante do governo federal, ao combater o crime organizado, há “morte policial, queima de ônibus, assalto a banco, aumento da percepção de insegurança” e coisas do tipo.

“E por que se optou por não combater? Porque crime organizado dá efeito colateral e ninguém quer o efeito colateral do combate ao crime”, argumentou, em entrevista ao portal Money Report.

“E o problema é que, quando você não combate, o crime cresce, se infiltra no poder e acaba se tornando força política”, acrescentou o governista.

Alexandre Frota mencionou, inclusive, o destino político de Tarcisio de Freitas, que deve concorrer politicamente em São Paulo, mas é natural do Rio de Janeiro.

“Cabe repetir que o denunciado deve estar totalmente desinformado da situação paulista, o mesmo poucas vezes vem ao nosso estado tanto a trabalho como em visitas para turismo. O ex-ministro denunciado faz acusações levianas e desinformadas a respeito do combate ao crime em São Paulo e quer subir em palanque acusador de forma criminosa”, escreveu Frota na denúncia.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Resposta do ex-ministro da Infraestrutura foi emitida após questionamentos feitos por jornal.

Política

Ministro aparece tecnicamente empatado na segunda colocação.

Política

Sigla demonstra sinais de que será mais vantajoso ficar ao lado do candidato de Jair Bolsonaro.

Congresso

Deputado diz que proposta visa beneficiar "pessoas diferentes do padrão imposto".