Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Brasil deve expulsar embaixador da China, diz Roberto Jefferson

“Volta para tua ditadura, parasita!”, afirmou o ex-deputado.

Valter Campanato | Agência Brasil

O ex-deputado federal e atual presidente do PTB, Roberto Jefferson, afirmou nesta última quarta-feira (21) que o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, “deve ser expulso” do país.

De acordo com ele, o diplomata “é um vagabundo que a China mandou para o Brasil depois que desestabilizou a Argentina e o Chile”, em referência aos dois países sul-americanos em que Wanming já atuou como representante chinês.

“Esse comuna deve ser expulso do Brasil antes que cresça ainda mais para cima do governo, como foi com o STF quando não deixou o presidente indicar o chefe da PF. Se tivesse cortado as asas dos urubus lá atrás, eles estariam em seus ninhos podres até hoje, sem encher o saco”, escreveu.

“Expulsa já esse boca suja do PCC! Se mandarem outro igual, pé na bunda do malandro para fora do Brasil também! Não dá para deixar financiador de terrorista cantar de galo na nossa terra! Volta para tua ditadura, parasita!”, completou Bob Jeff.

Posteriormente, em um vídeo publicado nas redes sociais, Jefferson foi ainda mais enfático. Nas imagens, ele aparece com duas armas em punho, aparentemente em um estande de tiro, pois há barulhos de disparos ao fundo.

“Eu entendo que esse monopólio da força do Estado foi uma tentativa de nos desarmar para impedir que nós os repelíssemos. Os comunistas, como esse chinês malandro, que está hoje na embaixada da China, tem que ir embora, o presidente tem que mandá-lo embora, esse xing ling embaixador…”

Reprodução | Twitter

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Saúde

Agência destaca que ainda "não há relação causal" entre o caso e a administração da substância.

Mundo

Movimento ocorre após Pequim aplicar sanções a parlamentares britânicos.

Saúde

Na edição do Setembro Amarelo deste ano, o tema é "agir salva vidas".

Governo

Presidente discursou durante a 13ª Cúpula do BRICS.