Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Cada vez mais alinhado com a esquerda, PSDB mira isolar apoiadores de Bolsonaro no partido

As articulações para 2022 já acontecem a pleno vapor.

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) já começa a endurecer medidas contra apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nas últimas semanas, parlamentares ligados à sigla que mantém algum vínculo com as ideias de Bolsonaro estão sendo isolados. O gesto, cada vez mais claro, é uma postura deve ser intensificada nos próximos meses.

O partido, que possivelmente deve apoiar Lula em algum cenário de 2022, ainda busca emplacar as candidaturas do governador de São Paulo, João Doria, e do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Oficialmente pré-candidatos pela sigla, os tucanos seguem enfraquecidos numa projeção geral, mas insistem em tentar descolar uma vaga no páreo eleitoral rumo ao Palácio do Planalto.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Comunicado foi divulgado após o tucano desistir de concorrer ao Planalto.

Política

Tucano lamentou a decisão, mas disse que o partido tomará a melhor escolha sobre o assunto.

Governo

Desembolso anual do governo deve chegar a R$ 90 bilhões

Política

Conforme o levantamento, cresceu o número de pessoas que não se classificam “nem de direita, nem de esquerda, nem de centro”.